CRQ-XI atende 560 demandas durante home office

Nestes 60 dias de isolamento social decretado pelo Governo do Maranhão, devido à pandemia do novo coronavírus, os colaboradores do Conselho Regional de Química do Maranhão (CRQ-XI) seguiram em trabalho remoto e obtiveram resultados positivos no atendimento via online. Só na área da Ouvidoria foram contabilizadas 560 situações, sendo 465 concluídas e 71 indeferidas.

O home office foi necessário a fim de evitar a circulação de pessoas nas dependências do Conselho e diminuir os riscos de propagação do vírus.

Como o atendimento online já estava sendo realizado com êxito no CRQ-XI, os colaboradores só tiveram de adequar equipamentos em suas residências.

Até o ano passado, os atendimentos necessitavam da presença física do interessado no CRQ- XI ou delegacias. A partir de 2019, o Conselho implantou um sistema de atendimento aos químicos e à sociedade em geral via software de gerenciamento de demandas externas com protocolo online.

“O objetivo foi melhor atender ao disposto no Plano Plurianual do Conselho Federal de Química 2018 – 2028, no que concerne à visão de futuro com o uso intenso da Tecnologia da Informação nas ações de prestação de serviços e de interação dentro e fora do Sistema CFQ/CRQs, o CRQ-XI”, ressalta a ouvidora Villena Bezerra

“Esta inovação teve sua aprovação na 51ª Reunião Ordinária da Diretoria do CRQ ocorrida ainda em 2019, e desde então foi iniciado um processo de levantamento de necessidades para elaboração de um termo de referência e contratação de empresa especializada para prestação deste serviço”, explicou o presidente da Comissão Permanente de Licitação, José Sá.

O CRQ-XI utiliza a Plataforma “Participar”, adquirida e implementada em janeiro deste ano com a finalidade de atender a legislação vigente, em especial a 12.527/2011 Lei de acesso a informações – LAI e, principalmente, modernizar o sistema de atendimento ao público.

Além do sistema de ouvidorias, o usuário tem acesso online aos seguintes serviços:

Deixe uma resposta