Presidente do CFQ solicita que profissionais da Química estejam na categoria da Saúde

O presidente do Conselho Federal de Química (CFQ), José de Ribamar Oliveira Filho, encaminhou ofício ao Ministério da Saúde em que formaliza o pedido pela inclusão dos profissionais da Química no rol de categorias reconhecidas como profissionais da saúde.

Formalmente, o ofício do presidente do CFQ solicita a inclusão dos profissionais da Química nos termos da Portaria nº 639, de 31 de março de 2020, ao lado de assistentes sociais, biólogos, biomédicos, educadores físicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos, médicos veterinários, nutricionistas, odontólogos, psicólogos e terapeutas ocupacionais.

Na demanda, o CFQ argumenta que a visão trazida pela Portaria nº 639/2020 é ampla e não se restringe ao cotidiano das práticas clínicas e hospitalares.

“Entendemos que o conceito de promoção da saúde não pode se restringir às atividades clínicas e/ou hospitalares, em que pese nessas áreas o profissional da Química tenha relevante participação, inclusive como protagonista, pois os bioquímicos possuem responsabilidade técnica por laboratório de análises clínicas, como também atuam como coadjuvantes, que salvam vidas, em atividades primordiais para o combate de pandemias, como a atual por qual passamos”, afirma José de Ribamar, no texto.

Na continuação, o CFQ lembra que cabe aos químicos atuar imprescindivelmente na radiologia, segurança do trabalho, lavanderia hospitalar, tratamento de água hospitalar, tratamento de efluentes, higienização e gerenciamento de resíduos gerais de hospitais universitários e análises clínicas e também em pesquisas técnicas, pesquisas biológicas e segurança biológica.

Sistema CFQ/CRQs busca colaborar ainda mais no combate à pandemia

O expediente remetido pelo presidente José de Ribamar recorda ainda o papel de destaque dos profissionais da Química em outras frentes de contenção e mitigação dos riscos de contágio pelo novo coronavírus, como a garantia da qualidade da água para consumo humano, o desenvolvimento de cosméticos e produtos de higiene pessoal, a segurança e a eficácia dos saneantes oferecidos à população, a produção dos farmoquímicos e até mesmo de alimentos – também com importante papel na saúde.

“Será de grande importância o reconhecimento dos Químicos como profissionais da área da saúde pelo Ministério da Saúde para que, neste momento, possam integrar ainda mais as ações de combate à COVID-19 e, como já vêm fazendo ao longo dos anos, continuar a desenvolver suas ações em segmentos direcionados a área da saúde”, conclui o documento.

A expectativa, desde que a portaria foi editada em março de 2020, é de permitir aos profissionais da Química fazerem ainda mais em favor da sociedade no combate à pandemia.

Fonte: Portal CFQ

Deixe uma resposta