COMUNICAÇÃO

CRQ XI comemora o Dia do Químico com prêmios e homenagens

O Dia do Químico, 18 de junho, foi celebrado no Conselho Regional de
Química do Maranhão- CRQ XI com homenagens a colaboradores na área da
Química e premiações a 12 projetos inscritos no Prêmio CRQ XI. O evento foi
realizado no último dia 19, organizado pela comissão coordenada pelo
conselheiro Rogério Teles.

O presidente do CRQ XI, José Ribamar Cabral, saudou a todos os presentes,
entre associados e convidados, ressaltando: “Aqui é a casa do químico. O
Conselho é para cuidar da normatização da profissão. Fico muito satisfeito ao
ver pessoas que estão conosco há tantos anos, e nada mais justo do que
homenagear aos que, de forma direta ou indireta, colaboraram para a área da
Química e para continuarmos atuando”.

Antes da entrega das placas de homenagem, o conselheiro Rogério Teles falou
sobre os 150 anos da Tabela Periódica, destacando a iniciativa da Organização
das Nações Unidas (ONU) de proclamar 2019 como o Ano Internacional da
Tabela Periódica. “A tabela periódica é uma grande conquista para a ciência
como um todo, para a humanidade”, disse Teles, ao apresentar aos convidados
as contribuições de vários cientistas para a construção da tabela com seus 118
elementos.

Em seguida, foi realizada a premiação para autores e orientadores de
pesquisas nas categorias “Pesquisadores Aspirante e Jovem”, “Dissertação ou
Tese” e “Profissional Liberal ou da Indústria”. Foram 12 projetos premiados
com o total de R$ 19 mil. (clique aqui para ver todos os premiados).

O Conselho fez questão de premiar também os professores que orientaram os
alunos em seus projetos, como forma de incentivar novas produções científicas
na área da Química. “Foi uma grata surpresa para mim”, disse a professora
Gilvanda Nunes. “É gratificante ver minha aluna do Mestrado recebendo prêmio
e na minha área”, completou ela, citando o estudo na área dos agrotóxicos.

O professor Victor Mouchreck Filho, que também foi premiado como orientador,
parabenizou o Conselho por, segundo ele, incentivar os profissionais. “A gente
não depende muito de instituições, e desenvolvemos muitos trabalhos com
óleos essenciais e atividades biológicas para matar caramujos, bactérias e
fungos. Estão todos convidados a conhecerem nosso laboratório”, disse ele.
No mesmo raciocínio de reconhecer a parceria do Conselho, a professora
Kiany Cavalcante disse que o trabalho do seu orientando iniciou no curso
técnico no Instituto Federal do Maranhão (IFMA). “Essa pesquisa é
considerada um início e vamos incentivá-lo a seguir para o Mestrado”.

Homenagens- O Conselho preparou seis placas de homenagens para
químicos ou familiares de químicos que contribuíram para a área no Maranhão.
Foram homenageados Josenira Mendonça Fernandes, Joaquim Cézar dos
Santos, Sebastião Carvalho Lima, Gilda Maira Carvalho Barreto, José Amaro
de Andrade e Zélia da Costa Soares. “Gostaria de agradecer a Deus por estar
neste Conselho há mais de 30 anos”, disse a conselheira Zélia, emendando: “E
agradecer ao presidente Cabral pela igualdade com que trata a todos, aos
conselheiros e aos que trabalham aqui como equipe em prol da fiscalização.
Quero partilhar este reconhecimento com todos nós”. Após a solenidade,
houve um coquetel de confraternização.